Hillary Clinton: Os EUA Criaram o Grupo Terrorista Daesh



Hillary Clinton: Os EUA Criaram o Grupo Terrorista Daesh.

Fonte: Sputnik News. Website: br.sputniknews.com. Em 21 de Agosto de 2016.

O jornalista e cientista político russo-israelense, Israel Shamir, deu algumas informações sobre o que Trump havia dito sobre os comentários de Obama e Clinton, deles terem criado o Daesh.

Segundo o jornalista, estes comentários poderão fazer fracassar totalmente a campanha pré-eleitoral de Hillary Clinton.

“Ela tem o presidente vigente do seu lado. Ela tem os jornais “New York Times” e “Washington Post” ao seu lado, bem como as redes de televisão nacionais. Até pode parecer que tem as eleições no papo. Isso podia ter sido o caso há poucos anos. Ninguém nessa altura teria ouvido falar do seu rival Donald Trump. Mas, agora na época das tecnologias de internet, as coisas não estão tão fáceis para ela”, disse Trump.

O hacker australiano Julian Assange, que inicialmente publicou a correspondência secreta do Partido Democrata, revelou depois mais dados da correspondência da própria Hillary, que testemunham a venda de armas aos terroristas do Daesh durante o período em que ela ocupava o cargo de secretária de Estado. Assange sustenta que ela mentiu sob juramento dizendo ao Senado que não sabia nada sobre o fornecimento de armas a terroristas.

Estas declarações de Assange podiam ter sido silenciadas, mas Trump deu-as a conhecer, e acusou Obama e Hillary de terem criado o grupo terrorista Daesh (conhecido também como ISIS, ISIL, ou ainda o Estado Islâmico). Ora, os dois políticos, ao fornecerem essas armas, não tinham nenhuma dúvida de que estes grupos mantinham relações com a Al-Qaeda, e tentavam derrubar vários governos legítimos, assinala o jornalista Israel Shamir.

Depois, o portal Wikileaks revelou dados sobre a venda de armas para o Daesh e para a Frente al-Nusra, através da assim chamada “oposição moderada” na Síria. Esse termo de “oposição moderada” foi criado pelo próprio governo dos EUA (para a sua Imprensa do Ocidente) a fim de justificar o seu envolvimento descarado com grupos terroristas, classificando-os, como terroristas do bem e terroristas do mal.

O jornalista cita as palavras do líder do Daesh, no Paquistão, que, confirmou a entrega das armas enviadas pelos norte-americanos.

O jornalista ainda escreve que, Julian Assange prometeu tornar público mais informações que lançam luz, sobre o fornecimento de armas a terroristas por parte de Hillary Clinton. Mas, mesmo assim, já foram reveladas informações suficientes. Só é preciso que os eleitores americanos saibam disso.

Fonte: Sputnik News.
Moscou, Rússia, 21 de agosto de 2016.
Produzido por Dialplus.

source

Disclosure of Material Connection: Some of the links in the post above are “affiliate links.” This means if you click on the link and purchase the item, I will receive an affiliate commission. Regardless, I only recommend products or services I use personally and believe will add value to my readers. I am disclosing this in accordance with the Federal Trade Commission’s 16 CFR, Part 255: “Guides Concerning the Use of Endorsements and Testimonials in Advertising.”

8 Comments
  1. Cícero Emídio 2 years ago
  2. Diogo da SIlva 2 years ago
  3. Bartolomeu bovie 2 years ago
  4. J TUTORIAIS 2 years ago
  5. Wesley Almeida 2 years ago
  6. Boris Karloff 2 years ago
  7. danilo diogo 2 years ago
  8. morgan sousa 2 years ago

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Privacy | Terms | Contact